DORIVAL CAYMMI

cifras

midi

DORIVAL CAYMMI _ 30-4-1914 (Salvador, Bahia). Filho de um funcionário público que era músico nas horas vagas (piano e violão), trabalhou como jornalista, vendedor de bebidas e pintor de tabuletas. A partir de 1930 fazia algumas composições e cantava. Conseguu emprego em rádio tendo em 1935 um programa chamado 'Caymmi e suas Canções Praieiras'. Mudou-se para o Rio de Janeiro em 1938 trabalhando como ilustrador em revistas e cantando em rádio um samba recém- -terminado, O que é que a baiana tem?. Braguinha incluiu a música no filme Alô, Alô Carnaval para ser cantada por Carmem Miranda. Em 1939 estreou no disco cantando essa música com Carmem, seu primeiro grande sucesso. Destacam-se também O Mar (1939), O samba da minha terra e A jangada voltou só (ambas de 1940), É doce morrer no mar (1941, com Jorge Amado), Você já foi a Bahia e Rosa Morena (ambas de 1941), Peguei um ita no norte e Dora (ambas 1945), Marina (1947), Maracangalha e Saudade da Bahia (ambas de 1956),Acalanto (1957), João-Valentão (1953), Das Rosas (1964), Oração de Mãe Menininha (1972), Modinha para Gabriela (1975, tema da novela Gabriela da TV Globo). É pai da cantora Nana Caymmi, do violonista e compositor Dori Caymi e do flautista e compositor Danilo Caymmi